Notícias
Se mantenha informado sobre nossas ações
marco tanaka
  j \d\e F \d\e Y  

Fundação SOS Mata Atlântica anuncia diretor de Conhecimento

Luís Fernando Guedes Pinto chega com papel de facilitar o entendimento dos diferentes públicos sobre as temáticas tratadas pela organização

2 de outubro de 2020

O engenheiro agrônomo Luís Fernando Guedes Pinto é o novo diretor de Conhecimento da Fundação SOS Mata Atlântica. Na organização, ele passa a ser o responsável pela produção e sistematização do conhecimento produzido, e assim contribuir para a disseminação e facilitação da interpretação das informações, dados e estudos dos temas e causas prioritários para a Fundação.

Com mestrado em Engenharia Ambiental e Doutorado em Fitotecnia, todos pela Universidade de São Paulo, atuou por mais de 20 anos no Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) – onde desenvolveu estudos, diálogos e soluções para a área de sustentabilidade dos setores de florestas e agricultura. Também já foi pesquisador visitante da Universidade de Oxford.

O diretor de Conhecimento da ONG teve experiências internacionais na Indonésia, Estados Unidos e Inglaterra, que agora pretende utilizar em novas iniciativas da SOS Mata Atlântiva que envolvem o tema de mudanças climáticas. Luís Fernando também é professor da Escola Superior de Sustentabilidade e Conservação (ESCAS-Ipê) e membro da Rede Folha de Empreendedores Sociais e Senior Fellow da Ashoka. Participou ainda do conselho de organizações internacionais, como a Rede de Agricultura Sustentável, da Iseal Alliance e do Conselho do Agronegócio da FIESP.

“É uma honra e grande responsabilidade fazer parte da história desta organização tão incrível. Estou muito animado com a oportunidade. A SOS Mata Atlântica é uma organização especial e importante para o Brasil e para as florestas do planeta. Tenho muito para aprender e desejo fazer uma grande contribuição para a ONG e suas causas“, afirma Luís Fernando.

Também ficará a cargo do engenheiro agrônomo a elaboração de estudos estratégicos, pesquisas, o relacionamento com a rede de cientistas e pesquisadores e a disseminação de posicionamentos com a finalidade de apoiar a promoção de políticas públicas e a mobilização da sociedade.

“Desejamos boas vindas ao Luís Fernando e que sua jornada conosco seja de alegrias, novas realizações e muito sucesso. Estamos passando por um momento em que dados de qualidade, transparência e clareza no discurso são fundamentais. É isso que pretendemos oferecer ainda mais para a sociedade“,  afirma Marcia Hirota, diretora executiva da Fundação SOS Mata Atlântica.

COMPARTILHE