MATA ATLÂNTICA

A Mata Atlântica, uma das florestas mais ricas em diversidade de vida no
planeta, é a razão de existir da Fundação. Ela é a nossa causa maior.

Restam apenas 12,4% da floresta que existia originalmente.

A Mata Atlântica abrange cerca de 15% do território nacional, em 17 estados. É o lar de 72% dos brasileiros e concentra 70% do PIB nacional. Dela dependem serviços essenciais como abastecimento de água, regulação do clima, agricultura, pesca, energia elétrica e turismo. Hoje, restam apenas 12,4% da floresta que existia originalmente. É preciso monitorar e recuperar a floresta, além de fortalecer a legislação que a protege.

Por isso, a Fundação desenvolve projetos e iniciativas para monitorar e coibir o desmatamento, e fortalecer a legislação que protege a Mata Atlântica. O conhecimento produzido pela organização contribui para a gestão ambiental e o aprimoramento da legislação e as políticas públicas voltadas para a conservação e a recuperação do bioma, à proteção da água, da biodiversidade e dos ambientes marinhos associados.

Todas as demais causas da Fundação se originam dessa causa maior.

Iniciativas que a representam

Apoio a áreas protegidas marinhas

A SOS Mata Atlântica trabalha para ampliar as áreas marinhas protegidas do Brasil. Além disso, apoia a gestão e manutenção de importantes Unidades de Conservação na costa brasileira. Para isso,

Observando os Rios

Cerca de 35 milhões de brasileiros não têm acesso à água limpa, apenas 40% do esgoto no Brasil é tratado e mais de 70% das doenças que levam a

Centro de Experimentos Florestais

Uma fazenda no interior de São Paulo, que já teve diferentes vocações – como produção de café e criação de gado – hoje é um exemplo claro de que

Acesse informações e dados sobre a Mata Atlântica

Leis e políticas públicas prioritárias para esta causa

Os diversos esforços e políticas para conservação da Mata Atlântica culminaram em uma legislação para sua defesa, a única a proteger um bioma brasileiro: a Lei da Mata Atlântica (11.428/2006).