Educação Ambiental

Apesar de 72% da população brasileira viver em áreas de ocorrência da Mata Atlântica, poucas são aquelas que sabem disso. No entanto, a educação, a conscientização e a experiência de estar em contato com a natureza têm o poder de reverter esse cenário, promovendo um senso de maior de pertencimento com a Mata Atlântica e o desejo de preservar nossas florestas.

Acreditando nisso, a educação ambiental sempre fez parte dos pilares da SOS Mata Atlântica para engajamento da sociedade na defesa de um dos mais ameaçados biomas do Brasil. Em 35 anos, mais de 4 milhões de pessoas foram alcançadas em eventos, mobilizações, ações de políticas públicas e iniciativas educacionais.

Além de compartilhar conhecimento sobre fauna, flora e os serviços prestados pelo meio ambiente, os projetos de educação ambiental da Fundação oferecem a oportunidade de vivenciar a natureza, compreendendo na prática nossa íntima relação com as florestas e o funcionamento dos ecossistemas.

Entre os projetos já desenvolvidos pela Fundação estão o “Aprendendo com a Mata Atlântica”, o “Somos Mata Atlântica” e o “Mata Atlântica Vai à Escola”. Outras iniciativas também são constantemente implementadas em parcerias com empresas e instituições que compartilham da mesma missão.

Para conhecer estas iniciativas e como se tornar um parceiro, entre em contato conosco.

O “Aprendendo com a Mata Atlântica” é um projeto de educação ambiental que integra a sociedade e, principalmente, a comunidade escolar com o meio ambiente. O público vivencia a natureza a partir de atividades lúdicas em ambientes naturais, como a caminhada na trilha e a experiência no jardim sensorial e no viveiro de mudas nativas da Mata Atlântica.

O projeto recebe estudantes e grupos de visitantes no Centro de Experimentos Florestais SOS Mata Atlântica – Grupo HEINEKEN, uma fazenda no interior de São Paulo que já teve diferentes vocações, como produção de café e criação de gado, e hoje é um exemplo claro de que a restauração da floresta pode trazer outros inúmeros benefícios para o seu entorno e toda a sociedade.

Desde 2010, com o patrocínio do Grupo HEINEKEN, a iniciativa já beneficiou mais de 48 mil pessoas – em sua maioria professores e estudantes dos ensinos Infantil, Fundamental e Médio, além de universidades.

 

Atividades do projeto:

  • Viveiro de mudas nativas – Com o objetivo de apresentar e sensibilizar os participantes sobre a importância da árvore para nossa qualidade de vida, durante a visita, os alunos são convidados a descobrir o cheiro, a textura e curiosidades das nossas árvores regionais da Mata Atlântica. Temos no viveiro cerca de 100 espécies diferentes de mudas nativas.
  • Maquete dinâmica da mata ciliar – Através da maquete dinâmica, é possível entender a importância da mata ciliar (localizada nas margens dos rios) para a proteção e conservação dos recursos hídricos, e, também, destaca de que forma contribui para a manutenção da biodiversidade e da vida humana.
  • Trilha interpretativa – Com 500 metros de extensão com caminhada leve, a trilha interpretativa tem como objetivo o desenvolvimento de atividades de vivências na natureza. O fragmento de mata no início é um dos remanescentes que já existiam na fazenda quando foi iniciado o trabalho de restauração florestal, com identificação de algumas espécies de árvores nativas da Mata Atlântica, o microclima e curiosidades da avifauna. A trilha finaliza em uma área menos densa, onde as espécies estão em processo de restauração florestal e falamos da sua importância.
  • Centro de interpretação – O Centro de Interpretação foi criado com o objetivo de realizar atividades lúdicas e interativas, levantando questões sobre o tema socioambiental.
  • Jardim sensorial – Tem como proposta estimular o equilíbrio, a percepção, o desenvolvimento físico e mental dos visitantes. Com grande influência oriental, o Jardim Sensorial possibilita a percepção mais aguçada dos sentidos: Tato, através das texturas das plantas; Audição, com os repuxos d´água; A visão, através das cores; e Olfato, com os aromas das espécies. Com os olhos vendados e, preferencialmente, descalços, os visitantes terão a possibilidade de experimentar novas sensações.

 

Escolas e grupos interessados em participar do projeto devem entrar em contato pelo email: kelly@sosma.org.br

O Centro de Experimentos Florestais SOS Mata Atlântica – Grupo HEINEKEN também pode ser visitado por grupos empresais e toda a comunidade interessada, com prévio agendamento. No entanto, em razão da pandemia, essa atividade, conhecida como Porteira Aberta, está temporariamente suspensa. Para ser avisado da retomada das atividades escreva para: info@sosma.org.br

 

O “Mata Atlântica Vai à Escola” é uma formação dedicada a professores e coordenadores pedagógicos do Ensino Médio, que aborda temas relacionados à educação socioambiental no contexto das causas defendidas pela SOS Mata Atlântica: conservação e restauração do bioma, água limpa para todos e valorização de áreas protegidas.

A primeira edição do curso aconteceu entre os anos de 2008 e 2011, com professores da rede pública e privada de São Paulo. Dez anos depois, em 2021, a iniciativa retornou em formato 100% online, possibilitando também a participação de professores de outros estados da Mata Atlântica.

A metodologia do “Mata Atlântica Vai à Escola” segue os parâmetros da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), cujas competências específicas enfatizam a formação de jovens para os desafios da contemporaneidade, na direção da educação integral e da formação cidadã. A certificação do curso de extensão é oferecida pelo Instituto Singularidades ao final da formação a todos que tenham concluído ao menos 70% das atividades.

No desenvolvimento do “Mata Atlântica Vai à Escola”, a Fundação SOS Mata Atlântica conta com a parceria do Grupo HEINEKEN.

 

Principais resultados e reconhecimentos:

  • No ano de 2009, a iniciativa recebeu o Prêmio Darcy Ribeiro, um reconhecimento a trabalhos ou ações que se destacam na defesa e na promoção da educação no país.
  • Para a edição de 2021 foram oferecidas 1.000 vagas, com um alcance de mais de 2.000 inscritos, em 26 estados e 617 municípios da Mata Atlântica
  • Na edição de 2022, que acontece entre os meses de março a junho, 6.200 interessados realizaram suas inscrições para as 3.000 mil vagas oferecidas.

 

Clique aqui para conhecer o conteúdo programático da edição 2022 do “Mata Atlântica Vai à Escola”

O “Somos Mata Atlântica” é uma formação aberta à comunidade que oferece conteúdos e reflexões sobre diferentes conceitos relacionados ao bioma mais ameaçado do Brasil, como a dinâmica dos ecossistemas, recuperação das florestas, água, fauna e áreas protegidas.

O curso alcançou mais de 700 inscritos, em cerca de 75 municípios, nas 6 edições realizadas. Esses participantes contaram com a tutoria de especialistas da área para aprofundar os conhecimentos das aulas coletivas. Também foi emitida certificação pelo Instituto Romã àqueles que alcançaram o mínimo de participação e realizaram a entrega do plano de ação ao final do curso.

A Fundação SOS Mata Atlântica já realizou edições da formação em parceria com a AES Brasil, Santuário de Aparecida e Grupo HEINEKEN.

Para se tornar parceiro da iniciativa, entre com contato conosco.